Inspirada pelos acessórios e joias da antiga Grécia e das civilizações pagãs da Irlanda, Debbie Bailie acredita que a febre por adornar os ombros venha da possibilidade das noivas em combinar tradição e contemporaneidade, com muita identidade.

– O adorno de ombro vai na contramão do dress code que manda usar apenas colares discretos e brinca com uma infinidade de possibilidades. No meu escritório, posso desenhar colares personalizadas de acordo com o vestido da noiva. Minhas clientes gostam de expressar estilo próprio, mesmo quando usam um vestido super clássico. E a joia de ombro veio como uma resposta perfeita para esta demanda. Os acessórios são uma ótima forma de expressar personalidade. Uma vez que a joia é colocada, ela cria uma combinação exclusiva – ressalta a designer irlandesa.

Representante da Gibson Bespoke no Brasil, a empresária Patricia Oliveira, sócia da non stop shop Look At The Bride, em Ipanema, é entusiasta da joia de ombro como alternativa ao excesso de rendas e ao bordados.

– As noivas buscam uma sensualidade elegante e os ombros vem sendo descobertos como um trunfo. Expostos com fios de prata, eles ganham um ar sensual sim mas passam longe da vulgaridade – analisa Patricia ao lembrar que, no exterior, a valorização dos ombros é tanta que manguinhas de fios de pérola já podem ser compradas separadamente para serem aplicadas aos vestidos comprados prontos.

Um das estilistas que começou fazer sucesso na criação de mangas muito bem trabalhadas foi a australiana Anna Campbell, que logo virou referência pelo mundo. Por aqui, a estilista Morena Andrade percebe uma grande procura das noivas por deixar seus ombros mais glamorosos. Tanto, que se especializou em criar mangas exclusivas para cada noiva, lançando mão pérolas de vidro feitas e bordadas à mão, uma a uma, na medida do ombro, além de sobreposições de rendas rebordadas.

– As mangas rebordadas se tornaram um must have nos meus vestidos. As noivas já chegam com referências e pedem que, com base no que gostam, eu crie um ombro exclusivo para elas – confirma a estilista.

Já a estilista Carol Hungria recebe tantos pedidos que até criou a hashtag #manguinhasdacarol para expor fotos das mangas que ganham detalhes cuidadosamente trabalhados.

– Muitas clientes me pedem para valorizar o colo e os ombros, seja para personalizar um vestido da linha prét-à-porter ou para fugir um pouco das tradicionais mangas compridas de renda. Para isso, trabalho as mangas com muitas gotas de pérolas, aplico flores de tecido, ou uma mescla de rendas com pérolas cravejadas. A ideia é fazer com que cada manga receba um pouquinho de tudo o que vai no modelo do vestido – confirma.

 

Este post é original do site Colher de Chá – Noivas, da talentosa jornalista Manoela César, um dos 10 sites brasileiros indicados na lista dos 99 mais inspiradores de casamento do mundo, e nosso parceiro 😉 Conheça: Colher de Chá – Noivas.