O casamento real de Harry e Meghan foi um evento que marcou a primeira metade de 2018 em muitos aspectos. Sob o olhar da confeitaria, a escolha do sabor para aquele que seria conhecido como o Bolo da Princesa se mostrou bem diferenciada. Fugindo de todas as expectativas quanto à sabores exóticos e caros, ignorando escolhas mais óbvias como a banana, fruta favorita de Harry, o casal surpreendeu com uma decisão simples: limão com flores frescas.

Harry e Meghan são pessoas que privilegiam a origem, sustentabilidade e sazonalidade dos produtos e ingredientes, questão que se fez presente na hora da escolha da receita. O ingrediente principal foi o limão siciliano; porém, este veio acompanhado do licor de flor sabugueiro. O casal desejava que seu bolo de festa tivesse um “sabor de primavera”; e assim a flor de sabugueiro foi a escolhida, entrando no recheio e na decoração por ser uma flor comestível que floresce entre maio e junho no Reino Unido.

A escolha dessa receita primaveril repercutiu em diversos lugares do mundo, levando os confeiteiros a pensarem em suas versões do bolo da princesa – adaptando de maneira a ter mais a “cara” e clima de seus países.

O Casal Garcia traz a sua releitura do bolo da princesa para abrilhantar as festas do Rio de Janeiro, acrescentando à receita ingredientes muito queridos aos brasileiros – doce de leite, geleia de morango e creme de fava de baunilha.

O sabor está virando tendência para todo tipo de evento: aniversários, casamentos, festas de 15 anos… ou seja, para qualquer celebração. Esta combinação se torna uma excelente pedida; principalmente no verão, por ser bem refrescante. Está fazendo sucesso entre as noivinhas, que querem a sua própria versão do bolo da princesa em seus casamentos.

No Casal Garcia, o limão também pode ser a sua escolha na massa ou no recheio de bem-casados e bolos.